Veja
Após Casagrande detonar a Globo, verdade vem à tona e ordem pra humilhar jogador é revelada

Publicado em 13/05/2019 20:24

Foto/Reprodução

Como o TV Foco já informou, a derrota por 3 a 0 para o Santos marcou um jogo ruim do Sidão, atual goleiro do Vasco da Gama. Por causa disso, internautas resolveram ironizar na votação de Craque do Jogo, promovida pela Globo durante suas transmissões esportivas. Eles votaram em massa no goleiro na tentativa de ironizar a sua atuação na partida.

 

Acontece que a emissora levou a premiação a sério e ordenou que a repórter responsável entregasse o prêmio a Sidão, o que ela fez visivelmente constrangida. Ciente de sua má atuação, o jogador recebeu o troféu e agiu de maneira profissional, sem questionar a entrega do que foi uma “chacota” contra ele.

Na internet, muita gente criticou a emissora, avaliando que uma brincadeira feita por torcedores não deveria ser levada tão a sério pela direção do canal. Outros, criticaram o fato de que o craque do jogo é escolhido pela torcida e pediram que o canal adotasse novos critérios de escolha, como o maior pontuador do Cartola FC, fantasy game do Brasileirão criado pelo canal.

ue surpreendeu mesmo foi a posição de Casagrande, ídolo do Corinthians e comentarista contratado do próprio grupo Globo. Ele usou seu perfil no Instagram para pedir desculpas públicas ao jogador e ainda criticou a própria premiação entregue pela Globo, classificando  troféu como “ridículo”.

Eu quero pedir desculpas ao Sidão por essa ironia de mal gosto com esse troféu ridículo, o Sidão é um trabalhador honesto e merece respeito de todos, me desculpe mesmo”, escreveu ele, que foi detonado nas redes sociais por não ter se pronunciado no momento da entrega do troféu pela repórter.

Após toda a polêmica, foi revelado quem foram os verdadeiros responsáveis pela entrega do troféu. De acordo com o colunista do UOL, Maurício Stycer, a ordem partiu dos próprios diretores da emissora. Casagrande, o narrador Luís Roberto e o comentarista Roger Flores foram contra a ação, mas foram vencidos pelos superiores.

A justificativa da Globo para a tão criticada atitude foi de que o troféu “Craque do Jogo” faz parte do pacote comerciais das transmissões do Brasileirão e que não poderia ser cancelado. Fato é que, além de Casagrande, jornalistas de emissoras rivais aproveitaram para detonar a Globo em meio a toda a polêmica.

Respeito enorme ao Sidão. Não teve boa atuação. Mas não precisava ter recebido o prêmio de melhor do jogo. Toda brincadeira tem limite. Ainda assim ele foi gigante ao receber o troféu. Não apelou. Quase chorou na saída do gramado ao falar da mãe. Disse q foi o pior dia da carreira”, comentou André Ranieri, repórter da Jovem Pan.

O jogador Sidão no momento da entrega do troféu Craque do Jogo (Foto: Reprodução)
O jogador Sidão no momento da entrega do troféu Craque do Jogo (Foto: Reprodução)

A Globo precisa tirar esse papo de Craque do Torcedor. O que aconteceu com o Sidão agora foi desumano, por mais q a galera tenha feito sem intenção de humilhá-lo. Entregar ao vivo foi uma aberração. A expressão dele me deixou profundamente triste”, escreveu em seu Twitter o youtuber Felipe Neto.

A zoeira acaba quando começa a falta de respeito. O que fizeram com o Sidão foi patético“, disse Bruno Formiga, repórter e comentarista do Esporte Interativo. “Sidão teve uma atuação ruim, mas ele não precisava ser humilhado dessa forma. Foi constrangedor a entrega desse prêmio… Constrangedor”, disse Benjamin Back, do Fox Sports.

Mauro Cezar, da ESPN, também criticou. “Sidão não é goleiro do nível de time grande, mas se o contratam, não tem culpa. Votaram nele de zoeira, e não foi o 1°. Márcio Araújo e Rodinei foram eleitos antes em condições parecidas. Faltou à Globo agilidade para uma decisão que evitasse o constrangimento dele e da repórter“, disse.